CLASSE:ClassificacaoDeSoftware

De CLASSE - Classificação de Software Educacional Livre
(Redirecionado de Classificação de software)
Ir para: navegação, pesquisa

Software educativo

Partimos do pressuposto de que a educação se dá pela interação dos indivíduos com o mundo e com outros indivíduos, e é mediada por artefatos e por ferramentas culturais socialmente construídas. Essas ferramentas podem ter uma estrutura simbólica, como a linguagem, utensílios de qualquer tipo, incluindo softwares.
(De acordo com as teorias sócio construtivistas de Piaget e Vigotsky.)

A definição de software educativo utilizada é bem genérica.
Segundo Giraffa (1999) "a visão cada vez mais consensual na comunidade da Informática Educativa é a de que todo programa que utiliza uma metodologia que o contextualize no processo ensino e aprendizagem, pode ser considerado educacional.” Assim, foram selecionados softwares criados para fins educacionais e também aqueles criados para outros fins mas que acabam servindo a este propósito. O software educacional deve ser conceituado em referência à sua função, e não à sua natureza.

Avaliar um software educacional significa analisar não só suas características de qualidade técnica, mas também, os aspectos educacionais envolvidos. Na avaliação de um software educacional devem ser levados em consideração os seguintes aspectos:

Os principais critérios observados serão:

  • Características pedagógicas:
    • Atributos que evidenciam a conveniência e a viabilidade de uso do software em situações educacionais. Sua compatibilidade com o Programa Curricular Nacional e adaptabilidade à realidade da escola pública brasileira seus usuários (professores e alunos).
    • Metodologia de ensino: características que são adequadas a uma proposta de educação mais construtivista e características adequadas a uma linha mais tradicional de educação. Lembrando sempre que deste critério depende a sua forma de abordagem.
  • Usabilidade:
    • Atributos que evidenciam a facilidade de uso do software.
    • Apresentação simples e de fácil entendimento para o usuário final.
    • Características da interface: atributos que evidenciam a presença de recursos e meios que facilitam a interação do usuário com o software.
    • Disponibilidade de manual
    • Possibilidade de configuração pelo usuário ou professor
  • Licenciamento:
    • Será considerada obrigatória a compatibilidade da licença do software com a idéia do software livre.
  • Tradução
    • Preparação do software para internacionalização
    • Tradução do software para português brasileiro (localização para pt_BR)
    • Tradução do manual para português brasileiro
  • Abrangência
    • Capacidade de execução em mais de uma plataforma (GNU/Linux, Windows, Macintosh, etc.)
  • Atividades sugeridas
    • Tão importante quanto a concepção da construção do software em si mesmo é a concepção na qual dele se utiliza. Assim, o projeto classe procurará dar exemplos e fazer experiências com os softwares em situações educacionais, verificando sua real usabilidade e potencial educacional.

A fim de avaliar as atividades e os softwares com os professores, foi elaborado um questionário.